URGE CONVOCAR O VENTO, URGE ABANAR, PARA QUE CAIAM OS RAMOS SECOS. URGE FERTILIZAR, PARA QUE NOVOS RAMOS EMERJAM DISPOSTOS A FECUNDAR OS FRUTOS DE QUE SE ALIMENTAM A VIDA E O EGO DA NOSSA CIDADE DE ALMEIRIM.
Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007
PARTICULARIDADES -DISSE ELE -

Particularidades, foi o título escolhido pelo “Barão da Troia” para no dia de Quarta-feira, Dezembro 13, 2006 publicar no seu Blog homólogo um artigo mais que perfeito no qual teceu uma série de exemplos de boçalidades crónicas cá do nosso burgo. (Aconselhamos vivamente a visita ao dito blog e a leitura do post (artigo) atrás referido) - http://baraodatroia2.blogspot.com/

 - Vimos aqui deixar mais alguns dos tais maus exemplos de que não nos devemos orgulhar e aos quais o “Barão da Troia” não fez referência no seu blog.

 E aquelas diligentes donas de casa ou as suas empregadas domésticas que sacodem dos andares superiores os tapetes pejados de pelos pudicos para dentro dos quintais dos outros ou para cima das carecas ou das cabeças cabeludas de quem passa na rua?

Então e alguém que fica escandalizado porque a GNR foi ao parque de estacionamento do Lidl e multou uma senhora que estacionou comodamente o sei veículo no lugar reservado aos deficientes?

 Argumentava o “nosso conterrâneo” que o que não faltavam lá eram lugares livres onde algum deficiente pudesse estacionar se disso necessitasse. Ora, achamos nós que é justamente o inverso que está certo, e que era a tal senhora que deveria ter procurado um desses tais muitos lugares vagos que se destinam aos não deficientes e deixar livre aquele que ocupou indevidamente.

 “Pura caça à multa” foi o que exclamou o “nosso amigo” muitíssimo indignado com a atitude da GNR, esquecendo até que regra geral os lugares reservados a deficientes ficam mais próximos da entrada dos estabelecimentos, instituições ou repartições e que por alguma razão assim é. Pela nossa parte, nem sequer nos atreveríamos a classificar de excesso de zelo a atitude dos elementos daquela polícia. Enfim, pontos de vista. O “Barão da Troia” também referiu os energúmenos que impedem babados de contentes a passagem ao carro do lixo.

 Deixem-me dizer-lhes que conheço bem demais essa realidade, e olhem que se julgam que estacionar o carro de forma a impedir a passagem do carro do lixo é alguma atitude rural desenganem-se. Não senhor. Numa rua para onde fui morar há já uns anos, tivemos de gramar com uma situação dessas apenas porque alguém que até tinha e tem um bom emprego na Autarquia cá da terra, resolveu pura e simplesmente não perceber que o dito carro do lixo apenas poderia passar se todos os carros fossem estacionados do mesmo lado da rua. Não havia ali qualquer sinalização, mas os primeiros moradores adoptaram como que tacitamente apenas uns dos lados da rua para estacionar e assim procediam todos, até ao dia em que a nova moradora chegou e com ela o pesadelo nocturno do carro do lixo.

 A solução passou por uma petição à CMA para que lá colocasse a respectiva sinalização de proibição de estacionar de um dos lados da rua. Achamos que daqui se pode perfeitamente deduzir que a categoria de labrego(a) assenta tão bem num pastor de ovelhas como num homem que lavra a terra, ou como assenta na perfeição num(a) funcionário(a) público(a) daqueles que usam fatos da moda.

Filho adoptivo


sinto-me: Ainda natalício
música: Pavane

publicado por João Chamiço às 00:53
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Barão da Tróia a 30 de Janeiro de 2007 às 16:26
Fiquei deliciado com o seu blogue caro amigo, permita que assim me diriga ao senhor. Nunca será demais alertar par aeste género de atitudes de incivilidade cultural que continuam a macular a nossa terra. Boa semana.


De João Chamiço a 31 de Janeiro de 2007 às 00:11
caro amigo, fico grato pelo seu generoso comentário em relação ao meu blog. Vou fazendo o que posso e tentando dar o meu muito modesto contributo à sociedade. Sou seu leitor habitual porque quase sempre encontro pontos de vista que também partilho. Já agora pergunto-lhe se sabe que moro na sua rua. Para além disso escusemos o tratamento por senhor. De acordo? Já agora, força nessa caneta, ou melhor, nessas teclas e permita que o cumprimente com um abraço.
O filho adoptivo


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

TASQUINHAS - ASAI NÃO OBR...

SUA EXCELÊNCIA O SR. PRES...

********* DIZER MAL **...

FUI PARA MARCAR CONSULTA

REGRAS SIMPLES DE BOA VIZ...

ZECA AFONSO, FAZ HOJE 20 ...

PARTICULARIDADES -DISSE E...

ORFEÃO DE ALMEIRIM

NO PRÓXIMO NATAL QUE HOUV...

arquivos

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds